Senador Kajuru: “O STF Não Pode Mandar No Senado”, “Eu Não Sou Funcionário Do Gilmar Mendes”

  • 6.9K
    Shares

Senador Kajuru, “o STF não pode mandar no senado”, ” eu não sou funcionário do Gilmar Mendes”, disse Kajuru, que quer ressuscitar a CPI LAVA-TOGA

Investigação mira na atuação dos ministros do Supremo Tribunal Federal e do Superior Tribunal de Justiça

O senador Jorge Kajuru (PSB) falou ao Jornal Opção sobre o arquivamento de requerimento de CPI da “Lava Toga”. Segundo o parlamentar goiano, “começou o toma lá, dá cá”. Kajuru confirmou que iniciou uma articulação nesta segunda-feira, 11, com outros senadores, incluindo Cid Gomes (PDT-CE), e que o objetivo seria ressuscitar a CPI.

“Não existe isso né: o sujeito que assina e depois recua. Mas vamos atrás disso. As conversas com os senadores vão começar hoje, esperamos encontrar pessoas que tenham palavra para ressuscitar a Lava Toga”, explicou Kajuru.

O senador disse que a proposta não será descartada assim e que outros parlamentares podem ter interesse na CPI. No entanto, o goiano foi enfático ao dizer que: “Iremos atrás de outros, né? Porque esses que recuaram, sem condições”.

CPI no Senado

Após o senador Alessandro Vieira (PPS-SE) conseguir obter 27 assinaturas para abrir a Comissão Parlamentar de Inquérito apelidada de “Lava Toga”, os senadores Tasso Jereissatti (PSDB-CE), Kátia Abreu (PDT-TO) e Eduardo Gomes (MDB-TO) recuaram e retiraram o apoio à apuração. Esse movimento obrigou o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), a arquivar o pedido de investigação.

A “Lava Toga” seria uma espécie de resposta dos parlamentares à decisão do presidente do STF, Dias Toffoli, de referendar a eleição com voto secreto para à presidência do Senado. Tendo como objeto de investigação a atuação dos ministros do Supremo Tribunal Federal e do Superior Tribunal de Justiça.

Via: Noticias Brasil Online



  • 6.9K
    Shares