Sérgio Moro dispensa advogados e faz a própria defesa ao CNJ sobre manter Lula preso