Sérgio Moro diz que chegamos na metade do caminho

Em entrevista ao Clarín, Sérgio Moro disse que é difícil estimar um tempo para o fim dos casos relacionados à Operação Lava Jato, mas que já cruzou a “metade do rio”.

Ele esteve em Buenos Aires nesta semana para uma conferência na Universidade Católica Argentina (UCA).

“O problema é que vão surgindo provas de novos acontecimentos, e por isso falo de uma corrupção sistêmica, não isolada”, afirmou o magistrado, segundo o Estadão.

O juiz também disse ter se incomodado um pouco com o que chama de “críticas não procedentes”. “Apesar de a opinião pública brasileira estar, majoritariamente, a favor das operações, há uma minoria mais crítica que às vezes incomoda. Principalmente quando se tenta relacionar meu trabalho como se tivesse uma intenção político-partidária.”

Créditos papotv.com,br