Sérgio Moro expõe preocupação para a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia


Sérgio Moro e Cármen Lúcia se encontraram nos corredores da Rádio Jovem Pan e aproveitaram o evento para trocar algumas palavras nos bastidores.
“Estou preocupado com a segunda instância lá”, disse Moro à presidente do STF.

Cármen Lúcia respondeu: “eu não mudei”.

Em outubro de 2016, a maioria do Supremo definiu que a Constituição não impede a prisão antes do transitado em julgado (julgamento de todos os recursos ao STF ou STJ).

Neste julgamento, Cármen Lúcia, já presidente da Corte, ressaltou o posicionamento de 2010 a favor da prisão pós-condenação em segunda instância.

O problema é que outros ministros que agem para defender corruptos querem retomar este julgamento.

É aí que mora o golpe.

Via papotv.com.br