Sérgio Moro retira sigilo de parte de delação de Palocci

O brilhante juiz Sérgio Moro retirou o sigilo de parte da delação de Antônio Palocci, que teve acordo firmado com a Polícia Federal. 

De acordo com a colunista Mônica Bergamo, da Folha, Palocci pagará uma multa de 35 milhões de reais e teve uma redução de 2/3 em sua pena.

Dentre alguns dados revelados na delação, sendo O Antagonista, Palocci disse que houve pagamento de propina para a inclusão de “emendas exóticas” em 900 das mil medidas provisórias editadas nos quatro governos do PT.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Além disso, Palocci também narrou várias formas de corrupção adotadas pela gestão petista em parceria com partidos aliados, associando diretamente o aparelhamento político da máquina pública à corrupção.

Detalhes do esquema de propinas na Sete Brasil, nas obras de Belo Monte, na compra de blocos de exploração na África e na relação entre o grupo Schahin, o PT e o instituto de pesquisas Vox Populi, também foram esclarecidos. 

Ainda, o ex-ministro também colaborou nos autos do inquérito aberto para apurar o vazamento da operação contra Lula.

Compartilhe em Suas Redes Sociais

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.