Stédile extravasa a delinquência, anuncia invasões e chama o ministro Fachin de traidor


O líder do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, João Pedro Stédile, era o acompanhante do meliante José Dirceu na noite desta segunda-feira (16), no evento realizado no Sindicato dos Servidores Públicos Federais, em Brasília.

Enquanto Zé usou a sua fala para agredir o juiz Sérgio Moro. Stédile atacou o ministro Edson Fachin.

Ele teve a pachorra de chamar Fachin de ‘traidor’.

Stédile também mandou avisar que vai invadir fazendas para exigir a soltura de Lula.

Noutras palavras, vai cometer crimes para exigir a soltura de um criminoso.

A petulância é incomensurável.

Via: jornal da cidade online