STF manobra novo golpe para garantir que Lula dispute 2018

O ministro do STF e do TSE, Luiz Fux, decidiu que o governador do Rio não pode ser afastado automaticamente do cargo se virar réu, ao contrário do que prevê a Constituição fluminense.

Fux será o próximo a assumir a presidência do TSE no lugar de Gilmar Mendes.

A decisão de Fux cria jurisprudência para o condenado Lula poder candidatar-se à Presidência da República.

 

 

Via: papotv.com.br