Tesouro guardado por Sérgio Moro será tempestade na vida da família de Lula


Informação preciosa de testemunhas reveladoras traz novos caminhos para apertar o cerco contra Lula e sua família.
Os recursos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva [VIDEO] (PT) serão julgados no dia 24 de janeiro, a próxima quarta-feira, pelo Tribunal Regional Federal da 4° Região (TRF-4), em Porto Alegre (RS), e existe uma forte tensão nisso tudo. Os desembargadores decidirão sobre a sentença proferida pelo juiz federal Sérgio Moro, que condenou Lula a nove anos e meio de prisão.

O momento está marcado por ataques por todos os lados contra Moro. Além de artistas, principalmente os globais que defendem o petista, o juiz sofre pressão de vários blogs de esquerda, que contam mentiras sobre a sua conduta. A defesa do líder do PT também conseguiu uma carta de alguns deputados norte-americanos criticando a sentença de Moro.

 

Porém, a Lava Jato é uma força que conquistou a maioria dos brasileiros e o juiz paranaense tem em mãos um tesouro para derrubar de vez os argumentos petistas.

No processo em que Lula foi condenado pelo juiz, ele é acusado de receber propina da construtora OAS que favoreceu o petista com um tríplex na cidade de Guarujá, litoral de São Paulo. Para a reforma do imóvel foram utilizados R$ 2,2 milhões em propina.

Negócios particulares
Independente do resultado do julgamento no dia 24 de janeiro, Lula pode aguardar que virão ainda tempestades contra ele e sua família. A Operação Lava Jato tem informações preciosas que envolvem a família do ex-presidente.

Os investigadores descobriram fatos ainda não divulgados de envolvimento da família de Lula em riquezas ilícitas. Moro tem nas mãos conhecimentos que vão desde relações pessoais, negócios particulares, construção de patrimônio e até custeio de todas as despesas do ex-presidente.

O esquema corrupto que envolve o petista pode ir além do que as pessoas imaginam. Lula não terá vida fácil pela frente e sua família está no mesmo barco.

 

Investigações
As investigações notaram elos obscuros que davam seguimento ao dinheiro corrupto do petista. Em março de 2016, uma batida policial em locais onde existiam relações com os familiares de Lula foram encontradas provas que, na época, não poderiam ser utilizadas, pois faltavam mais conteúdo.

Diante das colaborações com a Justiça de delatores alvos de grande esquema corrupto, as coisas foram clareando e Moro já sabe o caminho a seguir para encurralar de vez a família do petista. Testemunhas reveladoras apareceram e trouxeram novos rumos para se chegar até as irregularidades cometidas pelos criminosos.

Lula e sua família não terão um 2018 de muita paz. Sérgio Moro tem um tesouro que será usado no momento certo.

 

 

Via: blastingnews