URGENTE: Ministro Marco Aurélio libera denúncia de racismo contra Bolsonaro para votação no Supremo Tribunal Federal

O Mecanismo está agindo para tirar Bolsonaro da disputa.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello liberou para julgamento pela 1ª Turma da Corte denúncia na qual o deputado federal e candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL-RJ) é acusado de racismo. A partir de agora, o processo pode ser incluído na pauta de julgamento da Turma. Caso a denúncia seja aceita, o parlamentar vira réu no Supremo. Não há previsão de quando o caso será analisado.

A acusação apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) acusa o presidenciável de proferir injúrias raciais durante palestra no Clube Hebraica do Rio de Janeiro, em abril de 2017. À ocasião, Bolsonaro fez piadas e comentários supostamente ofensivos membros de comunidades quilombos.

“Eu fui em um quilombola em El Dourado Paulista. Olha, o afrodescendente mais leve lá pesava sete arrobas. Não fazem nada! Eu acho que nem para procriador eles servem mais. Mais de um bilhão de reais por ano gastado com eles.”

Independente do pronunciamento ter sido de mau gosto, Bolsonaro como parlamentar é inimputável por comentários e opiniões.

Via: republicadecuritiba.net

Compartilhe em Suas Redes Sociais