Terrorista que atentou contra Bolsonaro custará mais de R$ 15 mil por mês do dinheiro do povo