VERGONHA: TSE adia julgamento de ação que pede cassação de Michel Temer

Há quase 8 anos, Dilma e Temer eram eleitos com dinheiro sujo de propina. Quando parecia que a justiça seria feita, surge um TSE no meio do caminho.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concedeu mais prazo à defesa em julgamento da chapa Dilma-Temer. O relator do caso, ministro Herman Benjamin, aceitou o pedido e foi acompanhado pela maior parte dos colegas.

“A dúvida sobre o prazo de defesa tem origem na unificação da tramitação de quatro diferentes ações que pedem a cassação da chapa Dilma-Temer: duas Ações de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) e uma representação.”

A Corte Eleitoral também autorizou a convocação de novas testemunhas.

Ou seja, o julgamento volta a não ter mais prazo definido para acabar.

No Brasil, compensa ser eleito com dinheiro sujo, pois é praticamente impossível não concluir o mandato devido a isso.

Créditos papotv.com.br