Connect with us

Política

Bolsonaro responde à matéria da velha imprensa, saiba mais 

Bolsonaro - Foto Reprodução do Twitter

O ex-presidente Jair Bolsonaro fez uma publicação em suas redes sociais, respondendo a uma matéria da velha imprensa. A saber, a matéria do Metrópolis lhe atribuiu a prática de caixa 2, apresentando como “evidências” o fato do ajudante de ordens lidar com dinheiro, assim como sua esposa. 

Vale destacar, que a famigerada matéria indica que teve acesso privilegiado a inquéritos sigilosos conduzidos pelo magistrado Alexandre de Moraes. Dessa forma, apontando expressamente que supostos materiais foram obtidos por meio das quebras de sigilo ordenadas por Moraes. 

Bolsonaro destroça a narrativa da velha mídia em poucas respostas, confira:

O ex-chefe do Executivo Jair Bolsonaro usou o Twitter e enumerou 10 perguntas para colocar por terra a narrativa. Primeiramente, chamou as informações de matéria mentirosa. 

RESPOSTA À MENTIROSA MATÉRIA DO BLOG METRÓPOLES:

PERGUNTAS PARA O PRESIDENTE JAIR BOLSONARO

1 – Por que o tenente-coronel Mauro Cesar Cid e sua equipe pagavam contas e outras despesas do senhor e de seus familiares em dinheiro vivo?

Faz parte de suas atribuições, previsto no Decreto nº 10.374, de 2020:

Art. 8º  À Ajudância de Ordens compete:

I – prestar os serviços de assistência direta e imediata ao Presidente da República nos assuntos de natureza pessoal, em regime de atendimento permanente e ininterrupto, em Brasília ou em viagem;

II – receber as correspondências e os objetos entregues ao Presidente da República em cerimônias e viagens e encaminhá-los aos setores competentes; e

III – realizar outras atividades determinadas pelo Chefe do Gabinete Pessoal do Presidente da República.

2 – Por qual razão eram feitos saques a partir de cartões corporativos?

Nunca foram feitos saques do cartão corporativo pessoal que ficava nas mãos dos ajudantes de ordens, bem como nunca se utilizaram do mesmo, conforme consta nos extratos comprobatórios em anexo.

3 – Essas transações tinham aval do senhor?

Nunca foram feitos saques do cartão corporativo pessoal que ficava nas mãos dos ajudantes de ordens, bem como nunca se utilizaram do mesmo, conforme consta nos extratos comprobatórios em anexo.

4 – Como o tenente-coronel manejava também dinheiro sacado de cartões corporativos, como é possível garantir que não havia uma mistura dos recursos ao pagar despesas que eram pessoais, incluindo algumas da família da primeira-dama?

Os ajudantes de ordens nunca fizeram saque no cartão corporativo, bem como nunca se utilizaram do mesmo, conforme consta nos extratos comprobatórios em anexo.

5 – O senhor tinha conhecimento de que o tenente-coronel manejava também recursos sacados de cartões corporativos de outros órgãos, inclusive de organizações militares?

Os ajudantes de ordens nunca tiveram acesso a nenhum cartão corporativo de nenhum órgão e muito menos de nenhuma organização militar. Isso é facilmente comprovado no portal da transparência.

6 – Por que cabia ao tenente-coronel Cid falar com apoiadores do senhor, inclusive pessoas que figuram como investigadas nos inquéritos que correm no STF?

Os ajudantes de ordens são responsáveis pela condução e execução da agenda presidencial e durante o dia várias pessoas buscam contato com o Pr.

7 – A intermediação do tenente-coronel se dava para que o senhor não tivesse que tratar diretamente com esses apoiadores? Por quê?

Já foi respondido acima

8 – O senhor teme ser pessoalmente implicado nas investigações em curso no Supremo que miram o tenente-coronel Cid?

Já sou parte da grande maioria delas.

9 – Por que a primeira-dama Michelle Bolsonaro usava um cartão de crédito de uma amiga?

A primeira dama utilizou o cartão adicional de uma amiga de longa data. A utilização se deu porque a Michelle não possuía limites de créditos disponíveis. A última utilização foi em julho de 2021, cuja fatura resultou em R$ 408,03 ( quatrocentos e oito reais e três centavos). 

10 – Qual é a relação do senhor e de sua família com a senhora Rosimary Cordeiro?

A Sra Rosemary Cordeiro é amiga da Michelle Bolsonaro há mais de 15 anos.

Leia também: Valdemar Costa Neto expõe incongruência do governo petista e sai em defesa de Bolsonaro 

Confira também notícias no nosso canal no Telegram, clicando aqui.


Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.