Connect with us

Política

O STF na prática fechou o congresso, mas o golpista é o tiozão acampado em frente ao quartel, entenda 

STF - Foto Reprodução do Twitter

Nesta terça-feira, dia 20 de dezembro, o STF Supremo Tribunal Federal continua recebendo uma enxurrada de críticas nas redes sociais. Em especial por parlamentares que não pouparam palavras para desferir comentários contra a mais alta corte de justiça no Brasil.

Vale frisar que depois das absurdas decisões de Alexandre de Moraes e mais recentemente Gilmar Mendes os comentários subiram o tom. Como por exemplo, Filipe Barros que afirmou: “O STF fechou o Congresso Nacional, tal como na Venezuela. Um ministro mudar, via decisão judicial, o texto da constituição federal é ato antidemocrático e crime contra o estado de direito.” Escreveu o parlamentar no Twitter.

Você pode gostar: Lula diz que ligou para Putin e vira chacota por não apresentar “provas”, entenda

Eduardo Bolsonaro e Marcel Hattem também deixaram duras declarações contra o STF 

Vale destacar também que o deputado do partido NOVO Marcel van Hattem também deixou sua revolta em relação ao Supremo. “O STF está esfregando na cara de todo mundo, inclusive de quem achava que é muito poderoso, quem é mesmo que manda no Brasil. Pela enésima vez, ou o Congresso Nacional reage ou recolhe-se à insignificância.” Escreveu Hattem.

Confira: Arthur Lira vira chacota de petistas e o pior ainda está por vir, saiba mais

Em conclusão, Eduardo Bolsonaro fez uma publicação sobre o cenário atual que se assemelha muito com a Venezuela em 2017. “Diplomado hoje, mas sem motivos para sorrir. O STF legisla e executa orçamento. Qual futuro nos espera? O atual cenário lembra muito a Venezuela de 2017, quando a suprema corte pegou para si os poderes do legislativo.” Lamentou o parlamentar. 

Por fim, internautas também deixaram sua revolta: “O STF na prática fechou o congresso, mas o golpista é o tiozão acampado em frente ao quartel.” 

Confira também notícias no nosso canal no Telegram, clicando aqui.

Leia também: Constantino: Saiba porque o jornalista perdeu a paciência com a Globo e a chamou de “vagabunda”


Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.