Connect with us

Política

Roberto Jefferson: Cientista político avalia se caso do ex-deputado pode ou não prejudicar Bolsonaro

Roberto Jefferson - Foto Reprodução do Twitter

Nesta sexta-feira, dia 28 de outubro, o cientista político Adriano Cerqueira fez uma análise sobre Roberto Jefferson e a campanha de Bolsonaro. Em resumo, o especialista avaliou se o episódio do confronto do ex-deputado com a polícia poderia prejudicar Jair Bolsonaro. 

“Eu avalio que não, porque o Bolsonaro foi muito rápido em se desvincular da imagem de Roberto Jefferson. Ele publicou dois tuítes quase instantaneamente, dizendo que condenava tanto as falas de Roberto Jefferson quanto a reação que ele fez.” Disse Adriano Cerqueira.

Você pode gostar: Eduardo Paes: Saiba porque Bolsonaro rasgou o verbo contra o prefeito do Rio:“Vagabundo, mentiroso”

Cientista diz que palavra forte de Bolsonaro foi decisiva sobre Roberto Jefferson   

O cientista político avaliou que Bolsonaro também teve um amplo espaço na TV Record onde deixou muito claro seu posicionamento em relação às atitudes de Roberto Jefferson.  

“Lançou até uma palavra forte que ‘se atirou na polícia virou bandido’ e com isso ele tirou qualquer tipo de vinculação com Roberto Jefferson.” Concluiu Cerqueira.

Vale lembrar que Bolsonaro teve o referido espaço na TV Record por conta do debate que não ocorreu com Lula na emissora. Afinal, o petista não compareceu e a Record acabou fazendo uma sabatina com o atual presidente.

Confira: Debate na Globo: Confira os detalhes e regras do último embate entre Bolsonaro e Lula

Por fim, vale frisar que o ex-deputado federal e ex-presidente do PTB Roberto Jefferson vai ficar preso por tempo indeterminado. A decisão foi tomada nesta quinta-feira pelo ministro do STF Alexandre de Moraes, que já havia revogado a prisão domiciliar de Jefferson no último final de semana. 

O ministro transformou a prisão em flagrante de Roberto em prisão preventiva por tempo indeterminado. A saber, segundo o entendimento de Moraes, como o ex-deputado possuía um arsenal de guerra em casa, deve ficar preso por garantia da ordem pública. Dessa forma, o ex-parlamentar segue preso em Bangu 8 no Rio de Janeiro. 

Leia também: O Globo explica o “erro” ao exibir apuração do segundo turno 3 dias antes da eleições, mas web não “engole”

SEGUE A GENTE TAMBÉM NO TWITTER:

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.