Connect with us

Política

Senador Jorge Seif de forma corajosa faz sugestão a Alexandre de Moraes, do STF, confira 

Avatar of Alteni

Published

on

Senador Jorge Seif - Foto Reprodução do Twitter
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em seu primeiro discurso no Senado Federal, o senador Jorge Seif  fez graves denúncias em relação às tentativas de se impor a censura no Brasil. Em resumo, cita que a ideia é o controle político no país, através de diversas frentes, e lembrou a responsabilidade do Senado, com obrigação de proteger os direitos, garantias e liberdades fundamentais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O senador Jorge Seif citou ainda, o absurdo de magistrados de cortes superiores proporem leis, como anunciou Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal e presidente do Tribunal Superior Eleitoral. Além disso, o senador lembrou que as cortes supremas já vem há muito tempo extrapolando suas atribuições.

Você pode gostar: Carlos Viana cita horror das prisões em massa e faz grave alerta, saiba mais 

Jorge Seif expôs a hipocrisia das cortes superiores 

Vale destacar alguns questionamentos de Jorge Seif, como por exemplo: “O Supremo Tribunal Federal, guardião da Constituição, cria um inquérito de ofício, 4781, e, agora, mais uma vez, quer extrapolar suas competências, atravessando a Praça dos Três Poderes, para indicar para esta Casa que tipo de lei nós queremos aprovar ou não aprovar?” 

Além disso, Jorge Seif deu uma sugestão para que os ministros que queiram legislar se candidatem a cargos legislativos: É uma preocupação que eu tenho sobre essa lei que quer ser proposta pelo ministro do Supremo Tribunal Federal e eu gostaria de convidá-lo, nas próximas eleições, já que ele quer legislar, ou quer constranger esta Casa, ou quer achar que é legislador, que ele possa, então, se candidatar a alguma coisa, assim como que ele se espelhe no ex-ministro Sergio Moro, que hoje ocupa uma dessas vagas”. 

Por fim, o parlamentar lembrou que a Constituição brasileira, assim como qualquer outra constituição de países onde há estado de direito, prevê a ampla liberdade de manifestação e de opinião. Ou seja, elas vedam a censura. 

“Que conversa é essa de que nós, agora, precisamos aprovar uma lei para dizer o que é verdade ou o que é mentira? É o ministério da verdade de Hitler, da Alemanha naz**? Nós não podemos aceitar e precisamos cuidar, porque, hoje, a bazuca de uns está direcionada para uma ala ideológica, para a direita ou para o Bolsonaro, mas, amanhã, pode ser para a esquerda, pode ser para o Paulo Paim, pode ser para o Lula, pode ser pra quem for”. 

Confira também notícias no nosso canal no Telegram, clicando aqui.

Leia também: Nikolas Ferreira desmente matéria de blog esquerdista e dispara: “Nenhum crime, só chamei homem de homem”

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.