Connect with us

Política

Silas Malafaia pode ser incluído no inquérito do golpe pela PF, segundo jornal

Silas Malafaia pode ser incluído no inquérito do golpe pela PF, segundo jornal
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Malafaia na mira da PF para inquérito do golpe

No último domingo (25), na Avenida Paulista, o pastor Silas Malafaia proferiu um discurso que agora o coloca sob a lupa da Polícia Federal (PF), que investiga alegações de um planejamento para um golpe de Estado. Segundo informações divulgadas pelo jornal O Globo, autoridades estão avaliando a possibilidade de incluir Malafaia no inquérito em virtude de seu envolvimento financeiro no evento e pelas afirmações feitas perante uma multidão estimada em mais de 750 mil pessoas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Fontes ligadas à PF, consultadas pela publicação, indicam que o pastor teria espalhado falsidades com o intuito de incitar o público contra investigações de um grupo acusado de tentar desestabilizar o Estado. Além disso, apontam que Malafaia buscou mobilizar a população contra o judiciário, baseando-se em premissas inverídicas, mencionando especificamente os ministros, Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Em sua defesa, Malafaia argumentou a favor do Estado Democrático de Direito, denunciando o que ele chama de “engenharia do mal” contra o ex-presidente Jair Bolsonaro e contra as liberdades civis. O pastor também relembrou episódios de manifestações organizadas por grupos de esquerda, como o MST e o PT, que, segundo ele, atacaram o STF e outros prédios públicos sem receberem o mesmo tratamento jurídico dado aos eventos de 8 de janeiro de 2023.

Comparando a reação às manifestações anteriores com as prisões em massa do início do ano, Malafaia questionou a consistência das ações judiciais, criticando a postura do governo de Lula, assim como a inação de órgãos de segurança diante dos protestos. Ele também lamentou as consequências enfrentadas pelos manifestantes detidos, mencionando o caso específico de um indivíduo que veio a falecer enquanto estava sob custódia.

O pastor concluiu seu discurso questionando a situação jurídica atual do país, onde até parlamentares se sentem intimidados pelo STF, refletindo um clima de medo que desencoraja novas manifestações.

Leia Também:

📲 Participe Gratuitamente do Nosso Canal Exclusivo no WhatsApp. 🔔 Clique e Siga para Notícias em Tempo Real! 🌟

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.