Connect with us

Política

Tarcísio quer unir forças com deputados de SP contra a Reforma Tributária do governo federal

Avatar of Alteni

Published

on

Tarcísio quer unir forças com deputados de SP contra a Reforma Tributária do governo federal
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A batalha pela Reforma Tributária se intensifica em São Paulo

O governador de São Paulo, Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos), anuncia um movimento de resistência à votação da Reforma Tributária na Câmara dos Deputados. A votação pode ocorrer já na próxima semana, dependendo da base do governo federal. No entanto, Tarcísio se esforça para reunir uma coalizão de deputados estaduais e federais do estado, visando adiar esta decisão crucial.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na sexta-feira, 30 de junho, uma importante reunião ocorreu no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. Entre os participantes estavam o coordenador da bancada paulista na Câmara, deputado federal Antônio Carlos Rodrigues (PL), o presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), André do Prado (PL), e o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB). Empresários e entidades que representam o setor de serviços, crítico ao texto da reforma, também marcaram presença.

O objetivo desta reunião: formar um bloco de pressão contra o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e o relator da reforma na Casa, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB). O desejo é adiar a apreciação do texto e permitir mais tempo para a proposta ser discutida em profundidade.

Você também pode Gostar: BRB Dispensa Pedófilo Esquerdista Acusado de Raptar Menina de 12 Anos

A polêmica em torno do Conselho Federativo

O ponto de discórdia é o Conselho Federativo, um colegiado que irá gerir o Imposto sobre Bens e Serviços (IBS), um novo imposto proposto para substituir o ICMS (tributo estadual) e o ISS (tributo municipal). O governo de São Paulo teme que a instalação do IBS resulte na perda de autonomia na gestão dos recursos. Outros estados, como o Rio de Janeiro, já se manifestaram contra a criação do Conselho.

Ricardo Nunes, prefeito de São Paulo, também se opõe à proposta. Ele argumenta que a reforma poderia levar o município a perder cerca de R$ 15 bilhões anuais em arrecadação.

“O governador alertou (na reunião) para que todos os deputados estaduais se mobilizem com seus deputados federais para adiar a votação”, disse André do Prado em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo. Segundo ele, Tarcísio apresentou um cenário “preocupante” para o Estado, caso a reforma seja aprovada como está.

Um jantar está programado para o domingo, 2 de julho, onde Tarcísio Gomes de Freitas deve reiterar os apelos para adiar a votação. O cenário é tenso, pois no mesmo dia, Arthur Lira realizará uma reunião com líderes da Câmara para definir a agenda de votações da pauta econômica. O presidente da Casa deseja levar a reforma tributária a plenário já na próxima semana. Tarcísio, junto com seus aliados em São Paulo, está determinado a adiar essa decisão.

Leia também: Michelle Bolsonaro após decisão do TSE: ‘Estou às suas ordens, meu Capitão’

Receba notícias exclusivas no nosso grupo do WhatsApp! Clique aqui para entrar.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.