Connect with us

Política

Viúva de Clezão Aciona a PGR Buscando Pena de 31 Anos de Prisão para Moraes

Avatar of Rizete Silva

Published

on

Viúva de Clezão Aciona a PGR Buscando Pena de 31 Anos de Prisão para Moraes
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Representação na PGR: Viúva de Clezão Busca Justiça e Pena Severa para Ministro Moraes

Em um movimento jurídico marcante, Edjane Cunha, viúva de Cleriston Pereira da Cunha, mais conhecido como “Clezão”, ingressou com uma representação contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, na Procuradoria-Geral da República (PGR). Esta ação ocorre após o falecimento de Cleriston no presídio da Papuda, um caso que despertou grande atenção pública.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O documento protocolado por Edjane não apenas pede a destituição do ministro Moraes de seu cargo, mas também apresenta alegações de delitos graves. Segundo a representação, os atos de Moraes são passíveis de penalidades que variam de 10 a 31 anos de prisão. A base dessas acusações é detalhada e complexa, envolvendo alegações de “maus-tratos em modalidade qualificada, abuso de autoridade e tortura”. O advogado da viúva, Tiago Pavinatto, um jurista e escritor respeitado, sustenta essas alegações com vigor e convicção.

Um dos argumentos centrais diz respeito à manutenção da prisão de Cleriston, que se prolongou por dois meses além do recomendado. Apesar de um parecer favorável à sua soltura emitido pela própria PGR, Cleriston permaneceu detido, vindo a falecer aos 46 anos, no dia 20 de novembro. A viúva, Edjane, traz à tona detalhes perturbadores deste período, alegando que Cleriston já não tinha mais capacidade de caminhar para os banhos de sol, um direito básico dos detentos.

A acusação se aprofunda ao apontar uma “conduta omissiva dolosa” por parte de Moraes, ao ignorar relatórios médicos que enfatizavam a necessidade urgente de libertação de Cleriston. A representação é explícita ao mencionar:

“Incorre o ministro Alexandre de Moraes na pena de reclusão de 10 anos e 11 meses a 31 anos e 11 meses, além da perda definitiva do cargo de Ministro e a consequente inaptidão para exercer a Magistratura após cumprida a pena de reclusão, que deve iniciar-se em regime fechado.”

Diante destas circunstâncias, a viúva de Clezão busca não apenas justiça, mas também uma resposta penal severa. Ela solicita que a PGR apresente uma denúncia formal contra Alexandre de Moraes ao STF. Caso isso ocorra, configuraria um episódio sem precedentes na história do Supremo, onde o próprio tribunal julgaria um de seus membros. A expectativa agora se volta para a resposta da PGR e as possíveis repercussões deste caso emblemático na justiça brasileira.

Você também pode gostar: Globo em Crise: Programa Consagrado Registra Pior Momento de Sua História

📢 Receba notícias pelo WhatsApp. Entre grátis no nosso canal. Clique e siga!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.