Connect with us

Política

Quem Comemorar Acontecimentos do 8/1 Estará Cometendo Crime, Adverte Moraes

Avatar of Alteni

Published

on

Quem Comemorar Acontecimentos do 8/1 Estará Cometendo Crime, Adverte Moraes
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Declaração de Moraes Sobre Comemorações do 8 de Janeiro Gera Debate

Em uma declaração que tem gerado debates intensos, o Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, afirmou que a comemoração dos eventos de 8 de janeiro, que ele caracteriza como uma tentativa de golpe de Estado, constitui um crime. Esta perspectiva, revelada em uma entrevista concedida à revista Veja, insere-se num contexto mais amplo de interpretação legal e ordem pública.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A data de 8 de janeiro remonta a um ano atrás, marcada por atos radicais e a invasão de instituições-chave como o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional e o próprio STF. Estes eventos agora são objeto de análise em 1.345 processos criminais, com Moraes atuando como relator.

Na entrevista, Moraes advertiu que qualquer pessoa que pretenda comemorar essa data estará, em suas palavras, “comemorando um crime”. Ele argumenta que tal atitude equivale a celebrar uma tentativa de subverter os poderes constituídos, uma ação que ele classifica como criminosa.

Além disso, o ministro ressaltou a importância de lembrar que tais celebrações podem ter consequências legais sérias. Sua declaração sugere uma linha dura contra as comemorações do 8 de janeiro, algo que pode ser interpretado como um reforço à ordem e à legalidade, mas que também levanta questões sobre a liberdade de expressão e a interpretação dos eventos.

O governo atual, liderado pelo presidente Lula (PT), planeja um evento intitulado “Democracia Restaurada” na mesma data, visando celebrar a resiliência das instituições brasileiras diante da crise. Moraes, que confirmou sua presença no evento em Brasília, vê isso como uma oportunidade de demonstrar a força institucional do Brasil.

A declaração de Moraes também tocou na questão da atuação das forças de segurança durante os eventos de 8 de janeiro, mencionando uma alegada omissão e expressando alívio pelo fato de uma escalada maior de conflitos, que poderia ter envolvido as Polícias Militares de outros estados, não ter ocorrido.

Você também pode gostar: Rompendo o Silêncio: Juíza Ludmila Denuncia Abertamente Moraes em Solo Americano

📢 Receba notícias pelo WhatsApp. Entre grátis no nosso canal. Clique e siga!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.