Connect with us

Política

Constantino pede calma e web reage: “Fique esperando e quando acordar já estará na Venezuela”

Constantino - Foto Reprodução do Twitter

Nesta terça-feira, dia 1 de novembro, o jornalista Constantino usou suas redes sociais para comentar sobre os inúmeros protestos em todo o país por conta das eleições. Em resumo, o comentarista da Jovem Pan disse entender o pânico da população, mas discorda que perdemos a democracia. 

“Entendo o pânico de quem acha que já perdemos a democracia, mas discordo. Minha premissa é que o sistema podre é maior do que Lula, e isso, com a forte oposição eleita, pode segurar o ímpeto totalitário petista. Aposta arriscada? Sim! Mas partir para uma revolução não é?!” Comentou Constantino.

Você pode gostar: Vice de Tarcísio fala sobre grande oportunidade nas mãos de Bolsonaro

Constantino diz que seria mais fácil estar de longe incentivando o caos 

Em outra publicação, Constantino afirmou que seria mais fácil ser “incendiário” de longe. Vale lembrar que o jornalista não mora no Brasil. “O argumento de que é fácil eu bancar o prudente pois não moro no Brasil e não vou sofrer as consequências de uma venezuelização não se sustenta, pois serve para o outro lado ainda mais: seria fácil ser incendiário de longe, sem risco de prisão ou guerra civil. Penso no Brasil.” Concluiu o comentarista.

Confira: Caminhoneiros intensificam os protestos em todo o país

Em conclusão, muitos usuários do twitter discordaram do jornalista e afirmaram que é preciso reagir a uma injustiça. “NAUM MANO!! Num é hora de apaziguar o babado todo naum! Nessa num tô contigo! Vcs explicaram lindamente tudo sobre os efeitos disso em vários programas e agora vem com essa? Vamos respeitar a física: lei da ação e reação! Temos sim que reagir a uma injustiça!” Comentou um seguidor. 

Assim, “Como foi que aconteceu na Venezuela? Congresso maioria direita e Maduro governando com a sua corte. aqui não será diferente. Quem vai governar é PT e STF, o congresso ira ficar calado e FFAA também.” Disparou outro usuário.

“Fique esperando e quando acordar já estará na Venezuela Tupiniquim. Hj se arrependem de não ter feito nada enquanto ainda podiam.” Comentou outro internauta. 

Leia também: Jovem Pan! O que houve com a emissora? Demitiu Augusto Nunes, Caio Coppolla e Guilherme Fiuza

SEGUE A GENTE TAMBÉM NO TWITTER:

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.