Connect with us

Política

Deputados do Pará solicitam CPI para proteger crianças contra abusos no Marajó

Deputados do Pará solicitam CPI para proteger crianças contra abusos no Marajó
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Deputados lutam por CPI contra violência infantil no Marajó

Na Assembleia Legislativa do Pará, uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) está sendo proposta para apurar denúncias de violência, exploração e abuso sexual contra crianças e adolescentes na Ilha do Marajó, iniciativa encabeçada pelo deputado Toni Cunha (PL) e apoiada por colegas parlamentares. A solicitação para a criação da CPI surge em resposta a um crescente alarme social, amplificado por relatos midiáticos recentes que expõem uma realidade sombria enfrentada por menores na região.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dentre os primeiros a endossar a proposta, destacam-se os deputados estaduais Rogério Barra (PL), Neil (PL), Josué Paiva (Republicanos), entre outros, totalizando dez parlamentares que se uniram à causa. Essa mobilização reflete a urgência em endereçar e combater os crimes contra a infância e adolescência no Marajó, uma área marcada por vulnerabilidades socioeconômicas agravantes.

O deputado Toni Cunha ressaltou a importância da Assembleia Legislativa na fiscalização da administração pública e na proteção dos direitos humanos, especialmente das crianças e adolescentes vítimas de exploração sexual. Rogério Barra, por sua vez, expressou indignação com a situação e comprometeu-se a pressionar pelo avanço da CPI, criticando a inação do Governo Barbalho e destacando a responsabilidade enquanto pai e legislador.

A problemática da exploração sexual de menores no Marajó não é recente, tendo sido alvo de investigações e debates desde 2006. A CPI do Marajó, criada no Senado Federal em 2010, já havia investigado a violência sexual na região, sugerindo medidas legislativas para combatê-la. A exploração sexual, associada à extrema pobreza, tem sido uma triste realidade, com crianças sendo coagidas a atos sexuais em troca de necessidades básicas.

A cantora Aymeê trouxe novamente à tona a discussão sobre a situação no Marajó durante uma apresentação no programa “Dom Reality”, mencionando tráfico de órgãos e pedofilia na ilha. Essa exposição reacendeu o debate sobre a exploração sexual e a necessidade de ações concretas para proteger as crianças e adolescentes da região.

A senadora Damares Alves, conhecida por seu ativismo contra o abuso infantil, também se pronunciou sobre o assunto, criticando a descontinuação do programa “Abrace o Marajó” pelo governo Lula e questionando a efetividade das políticas de proteção às crianças na ilha. As declarações de Damares evidenciam a continuidade da luta contra a exploração sexual infantil, um desafio que requer atenção e ação imediata dos poderes públicos.

Leia Também:

📲 Participe Gratuitamente do Nosso Canal Exclusivo no WhatsApp. 🔔 Clique e Siga para Notícias em Tempo Real! 🌟

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.