Connect with us

Política

Elon Musk deixa claro recado a censura do TSE no Brasil, saiba mais 

Alexandre de Moraes e Elon Musk - Foto Reprodução do Twitter

O bilionário Elon Musk voltou a causar alvoroço no Brasil. Ademais, o novo dono do Twitter afirmou que vai mandar investigar a censura em sua rede social no país. Em resumo, o bilionário respondeu questionamentos sobre a rede sociais que estaria censurando perfis bolsonaristas no Brasil, como por exemplo o deputado eleito Nikolas Ferreira (PL-MG) e até o economista Marcos Cintra.

Vale lembrar que estes dois perfis públicos tiveram suas contas no Twitter bloqueadas a mando de Alexandre de Moraes, presidente do TSE. Por conseguinte, em cima dos questionamentos Elon Musk deixou claro que vai mandar investigar essas possíveis censuras do Brasil. 

Você pode gostar: Relatório do Exército: Chegou o dia e já começou as cobranças da população, saiba mais

Elon Musk responde questionamento de Paulo Figueiredo 

Vale informar que entre tantos questionamentos e cobranças que Elon Musk recebeu, uma em especial chamou atenção e o próprio bilionário fez questão de responder. O questionamento foi feito por Paulo Figueiredo, jornalista brasileiro que usou seu perfil no Twitter para fazer a cobrança. Em resumo, Figueiredo falou em “censura draconiana e ideológica” contra a liberdade de expressão. 

Confira: Marcos Cintra, vice de Soraya teve as contas bloqueadas e vai ser ouvido pela PF

Por conseguinte, Elon Musk respondeu que iria mandar investigar o caso. Por outro lado, Paulo Figueiredo compartilhou a resposta do bilionário e complementou com a seguinte mensagem: “Ei!! Milhões serão eternamente gratos!”. Por fim, muitos internautas aproveitaram para relatar outras situações de censura atualmente no Brasil.

“Além disso, existem muitas decisões ilegais e inconstitucionais de nossa Suprema Corte. Ordens ilegais precisam ser contestadas pelo Twitter. A GETTR está apelando dessas decisões absurdas. O Twitter tem que fazer o mesmo.” Comentou um internauta. 

Leia também: Patriota que participou das manifestações em 64 volta às ruas: “A gente conseguiu e vamos conseguir de novo”

SEGUE A GENTE TAMBÉM NO TWITTER:

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.