Connect with us

Política

General na mira ou a corda arrebentou? Grupo de advogados pedem busca e apreensão, além de afastamento do ministro da Defesa  

General Paulo Sérgio - Foto Reprodução do Twitter

Nesta quarta-feira, dia 16 a esquerda superou todos os limites da ousadia, ao solicitar ao Supremo Tribunal Federal o impeachment do general Paulo Sérgio. Vale lembrar, que o ministro é general de Exército e atualmente ocupa a pasta da Defesa. 

O famigerado documento que foi enviado ao Supremo pede o afastamento imediato do general e ministro da Defesa. Além disso, pede a inacreditável realização de busca e apreensão no gabinete e na residência oficial para colher provas. O motivo seria de que Paulo Sérgio tenha participado de tratativas para desacreditar o processo eleitoral.

Você pode se interessar: Constantino se revolta ao vivo e web reage: “Se ele desliga a câmera, eu desligo a Jovem Pan”

Advogados alegam que o general cometeu crime de responsabilidade 

Sem noção do perigo, os advogados estão alegando que o general Paulo Sérgio Nogueira cometeu crime de responsabilidade. Em resumo, o suposto crime teria ocorrido quando o ministro divulgou a nota do Ministério da Defesa que não reconhece, colocando em xeque o resultado da eleição presidencial.

Em conclusão, os advogados sugerem ainda que o Supremo Tribunal Federal faça intimação para Jair Bolsonaro, Paulo Sérgio Nogueira e os comandantes das Forças Armadas para prestarem depoimento sobre o apoio do Planalto e dos militares às manifestações que eles chamam de atos golpistas, que vêm acontecendo desde o dia 30. 

Confira: Eduardo Bolsonaro detona “passada de pano” da Folha para Lula: “Roubar trilhões virou conflito ético” 

A repercussão na web já está enorme com internautas sem acreditar em tamanha ousadia destes advogados. “Avance mais, judiciário… tente prender um general… vai lá… tenta a sorte.” Comentou um seguidor.

“AGORA QUERO VER SE OS GENERAIS TEM CULHÕES OU NÃO. 

VÃO DEIXAR ESSE CAMARADA FAZER O QUE QUER?

PORRA, VAMOS PRA CIMA CARALHO!!!” Esbravejou outro internauta. 

Acompanhe também nosso canal no Youtube com as principais notícias no mundo político, clicando aqui.

Leia também: Bia Kicis expõe plano “sinistro” do PT: “Eu fiquei bastante assustada”

SEGUE A GENTE TAMBÉM NO TWITTER:

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.