Connect with us

Política

Ministra Daniela Teixeira Indicada por Lula ao STJ Mantém em Liberdade Homem que Assassinou Agente Penitenciário

Avatar of Rizete Silva

Published

on

Ministra Daniela Teixeira Indicada por Lula ao STJ Mantém em Liberdade Homem que Assassinou Agente Penitenciário
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Decisão da Ministra Daniela Teixeira, indicada por Lula, no STJ, sobre a liberdade do assassino de um agente penitenciário

Daniela Teixeira, a única mulher na lista tríplice indicada ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, gerou controvérsia ao manter em liberdade Elvis Riola de Andrade, conhecido como Cantor, ex-diretor da escola de samba Gaviões da Fiel. Andrade, acusado de associação com a notória facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), foi condenado em 2021 a 15 anos de prisão pelo assassinato de um agente penitenciário, crime ocorrido em 2009.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O caso, que remonta ao ano de 2009 em Presidente Bernardes, São Paulo, levanta questões sobre a aplicação da justiça e a segurança pública. Cantor, após permanecer em prisão preventiva por quase 11 anos, conseguiu o direito de recorrer em liberdade. Esta decisão foi confrontada pelo Ministério Público, que apelou à justiça, resultando no aumento da pena para 16 anos em regime fechado.

Entretanto, a história tomou um rumo inesperado em 10 de janeiro deste ano. Cantor foi detido na Bolívia por uso de documentos falsos, mas foi liberado ao retornar ao Brasil, graças à decisão de Daniela Teixeira. Ela justificou que, considerando o tempo já cumprido em prisão preventiva e a possibilidade de fixação de regime aberto pelo juízo da execução, a prisão preventiva não se fazia necessária.

A ministra também enfatizou o princípio da presunção de inocência, defendendo que permitir que os indivíduos aguardem o desfecho de seus processos em liberdade é uma abordagem mais justa e equitativa. Essa perspectiva ressalta a importância de balancear os direitos dos acusados com a segurança pública, um tema crucial para o público conservador e de direita, que frequentemente enfatiza a necessidade de medidas rigorosas de segurança.

Apesar da argumentação da ministra, a decisão gerou debates acalorados sobre a eficácia do sistema judicial brasileiro, especialmente em casos envolvendo crimes graves e figuras associadas a organizações criminosas. O Ministério Público recorreu da decisão no próprio STJ, mas a solicitação foi negada pela presidente da Corte, ministra Maria Thereza de Assis Moura, que referendou a decisão de Teixeira. O MP de São Paulo abriu uma nova solicitação pedindo a prisão do ex-dirigente da Gaviões da Fiel.

Em resposta às críticas e questionamentos, a ministra Daniela Teixeira, através de uma nota enviada ao portal Metrópoles, esclareceu que o réu já não estava em regime fechado há mais de dois anos. Ela afirmou que, se houve descumprimento de regras ou novos crimes cometidos pelo réu após a decisão, tais fatos devem ser apurados pelas instâncias competentes, destacando que a decisão do STJ não tem impacto nessas questões.

Você também pode gostar: Após Censura de Vídeo do Filho de Benedito, Parlamentares Reagem Fortemente

📢 Receba notícias pelo WhatsApp. Entre grátis no nosso canal. Clique e siga!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.