Connect with us

Política

Moraes “chuta o pau da barraca”, a corda arrebenta e clima fica imprevisível no Brasil

ALEXANDRE DO MORAES - FOTO REPRODUÇÃO DO TWITTER

Nesta quinta-feira, dia 24 de novembro, o clima amanheceu tenso após mais uma decisão do ministro Alexandre de Moraes em relação as famigeradas urnas eletrônicas. Em resumo, o magistrado que também é presidente do TSE negou o pedido do PL para anulação de parte dos votos.

A saber, Alexandre de Moraes ainda aplicou uma multa de cerca de R$ 22 milhões por “Má-fé” do partido de Valdemar Costa Neto. Além disso, Moraes também determinou a inclusão do presidente do PL e do presidente do Instituto Voto Legal, Carlos Rocha, no inquérito das fake news, que tramita no Supremo Tribunal Federal.

Você pode gostar: Havan não renova patrocínio de clubes após vitória de Lula, confira os times que foram afetados

Após decisão de Moraes, web se revolta e já se fala até em guerra civil no país

Logo após a decisão de Alexandre de Moraes o assunto tomou conta das redes sociais com centenas de milhares de mesões sobre o assunto. Para muitos internautas essa situação já era prevista. Ou seja, muitos já esperavam a negativa do ministro em relação ao relatório.

“Gente, vocês acham que o Xandão precisa de fraquejada do Valdemar pra fazer isso ou aquilo? Ele faz porque quer, sempre foi assim, ou alguém achava que ele acataria o pedido? Daqui pra frente é que o jogo começa de verdade.” Comentou um internauta.

Por outro lado, um usuário acredita que o presidente do PL tentou dar uma saída honrosa para Moraes. “O Waldemar não fraquejou, tentou dar uma saída honrosa para o ministro, acontece que o cara está com sangue nos olhos e faca nos dente. Nessa situação não existe sensibilidade.” Disparou outro usuário.

Por fim, ainda surgiu pessoas acreditando em guerra civil e para isso acreditam que a reunião do magistrado com o comando da PM foi o primeiro passo. “Xandao tá sempre a frente de todos.Ele sabia td q ia acontecer. Fez a reunião com Pms…. pra caso a FFAA entrarem ….guerra civil. E ele no comando da PM.” Comentou outro internauta.

Confira também nosso canal no Telegram com notícias sobre o mundo político clicando aqui.

SEGUE A GENTE TAMBÉM NO TWITTER:

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.