Connect with us

Política

Ramagem confirma: mandou investigar internamente uso ilegal de software espião na Abin

Ramagem confirma: mandou investigar internamente uso ilegal de software espião na Abin
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ramagem e a investigação do uso ilegal de software espião da Abin

Em conversa reveladora com o Metrópoles, Alexandre Ramagem, deputado federal e antigo dirigente da Abin, trouxe à tona nesta última sexta-feira (02) sua participação crucial no desvendamento de operações irregulares com o software de espionagem “First Mile” dentro da própria agência.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ramagem esclareceu que tomou a iniciativa de encaminhar para apuração interna as suspeitas sobre a manipulação indevida desse software, uma decisão que precipitou a destituição de Paulo Fortunato, anteriormente subordinado direto de Ramagem na Abin e ex-diretor de Operações, durante a administração de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), onde Fortunato chegou a ser o terceiro na linha de comando da agência.

A situação de Fortunato agravou-se significativamente em outubro do ano passado, quando foi removido de suas funções por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) e subsequente exoneração, em meio a investigações sobre a utilização do polêmico software espião de origem israelense.

Curiosamente, a residência de Fortunato foi o local onde se descobriu a quantia substancial de quase 170 mil dólares, alegadamente poupados pela sua família, conforme defendido por seus advogados.

“Fui eu quem conduziu a apuração que culminou na sua exoneração, evidenciando possíveis práticas ilegais dentro da instituição,” afirmou Ramagem, demonstrando seu papel ativo na luta contra a corrupção na Abin.

O próprio Ramagem, agora sob escrutínio da Polícia Federal, enfrenta acusações de ter, supostamente, utilizado sua posição na Abin de maneira imprópria para beneficiar a família Bolsonaro. Contudo, a operação “Vigilância Aproximada”, deflagrada pelo ministro Alexandre de Moraes do STF na última quinta-feira (25), não apresenta evidências claras e diretas de como Ramagem teria favorecido os interesses dos Bolsonaro.

De acordo com Moraes, por ordem de Ramagem, a Abin teria sido instrumentalizada para espionar ou incriminar opositores políticos de Bolsonaro, uma alegação que, até o momento, carece de provas concretas.

Leia Também:

📲 Participe Gratuitamente do Nosso Canal Exclusivo no WhatsApp. 🔔 Clique e Siga para Notícias em Tempo Real! 🌟

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.