Connect with us

Política

Rogério Marinho faz revelação absurda sobre situação vivida no Brasil desde 2019 

Rogério Marinho - Foto Reprodução do Twitter

O senador eleito Rogério Marinho, que também foi ministro do governo de Jair Bolsonaro, fez discurso sobre o restabelecimento do estado de direito e a ordem democrática. Em resumo, as declarações foram durante entrevista à Oeste sem Filtro.

O senador Rogério Marinho destacou a necessidade urgente de trazer de volta a normalidade democrática. Primeiramente, o parlamentar disse que seu primeiro desejo para 2023 é que o país possa ter um ano com mais serenidade. Além disso, disse que se candidatou à presidência do Senado exatamente por acreditar na necessidade de restabelecer a normalidade democrática. 

“Desde março de 2019, nós vivemos praticamente sob um regime de exceção, com o estabelecimento do inquérito das fake news. De forma monocrática, a justiça, o Supremo Tribunal Federal, determinou, através da abertura de um inquérito, a condição da condução desse inquérito ao ministro do STF, que depois presidiu o TSE nas eleições deste ano.” Disse Rogério Marinho. 

Você pode gostar: Ministra da Mulher no governo de Lula contradiz o que falou o petista na campanha, entenda

Rogério Marinho afirma que STF tem usada uma “criatividade judicial” para decidir ações 

Ainda na entrevista para a Oeste Sem Filtro, o ex-ministro de Jair Bolsonaro, Rogério Marinho não poupou críticas contra o STF. Ademais, destacou que os magistrados têm usando até de uma “criatividade judicial” para conseguir decidir ações de forma monocrática.

“Tem tomado uma série de medidas que, na verdade, agridem frontalmente o exercício do mandato parlamentar, a inviolabilidade dos mandatos, a questão da censura prévia, da censura expressa. E eu diria até uma certa criatividade judicial, decidindo em ações, monocraticamente, por instrumentos que não estão previstos, sequer, na legislação brasileira.” 

Confira:  Eduardo Bolsonaro perde a paciência com João Amoedo: “Então agora tome no C..”

O senador citou como exemplo, a questão das multas que foram apensadas a veículos que participavam das manifestações, de 100 mil reais por hora. Afinal, isso não está previsto no nosso Código de Trânsito. 

“O PL ajuizou uma ação e, em menos de 24 horas, o presidente do TSE determinou que havia litigância de má-fé, penhorou, praticamente, o fundo partidário, que, de acordo com a lei, não pode ser penhorado, e, em seguida, remeteu essa ação para o famigerado inquérito das fake news. Ou seja, até o direito de peticionar em justiça foi criminalizado. E esse é um direito que está estabelecido desde a Carta Magna de João Sem Terra, há quase 800 anos, e está consagrado no direito público brasileiro como uma questão sagrada.” Disse Marinho. Então, nós estamos passando por momentos muito difíceis. Acho que a grande ação em relação ao país é o restabelecimento da normalidade democrática”. 

Confira também notícias no nosso canal no Telegram, clicando aqui.

Leia também: Guilherme Fiuza também é vítima do Supremo Tribunal Federal, saiba mais


Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.