Connect with us

Política

STF: Saiba qual Banco investigado na Lava-Jato pagou jantar de luxo para os ministros 

Ministros STF - Foto Reprodução do Twitter

Nem só de protestos os ministros do STF viveram em Nova York. Afinal, um banco pagou um jantar de luxo aos magistrados na cidade americana, durante o famigerado evento em que, segundo eles, o tema foi “democracia e liberdade”. O nome do luxuoso restaurante é Fasano New York e o Banco que pagou o jantar foi o Banco Master.

Vale informar que esta instituição foi alvo de investigação pela Operação Lava Jato. Contudo, na época a instituição se chamava Banco Máxima, mas hoje, além da mudança de nome, outros gestores comandam o banco. E nesta semana, Alexandre de Moraes, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Dias Toffoli e Luís Roberto Barroso viajaram aos Estados Unidos para participar da Lide Brazil Conference.

Você pode gostar: Paulo Figueiredo manda recado para caminhoneiros em relação à greve: “Tenham sabedoria”

Os ministros do STF foram convidados pelo banco para o luxuoso jantar 

Os magistrados do STF chegaram a Nova York no domingo (13) e em seguida foram convidados pela instituição para jantar no restaurante Fasano New York. Vale informar que o estabelecimento funciona apenas de segunda-feira a sábado, contudo abriu uma exceção para receber os magistrados brasileiros. 

Confira: Influencer esquerdista acusa Braga Netto de tramar golpe, mas vira chacota na web

De acordo com apuração da R7 que entrou em contato com a assessoria de imprensa do STF, este caso não será comentado. Além disso, ainda segundo a reportagem, também foi procurado o Banco Master, que não informou um prazo para se manifestar.

Em suma, é importante informar que no ano passado, após denúncia do Ministério Público Federal (MPF), dois ex-gestores do então Banco Máxima e mais três pessoas tornaram-se réus por crimes financeiros relacionados à instituição entre 2014 e 2016.

Confira também nosso canal no YouTube com as últimas notícias do mundo político.

Leia também: Artigo 142: Apavorada, a esquerda já está planejando mudar a função das Forças Armadas

SEGUE A GENTE TAMBÉM NO TWITTER:

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.