Connect with us

Política

STM: Internautas começaram pressionar o perfil do Superior Tribunal Militar na web, confira 

STM Superior Tribunal Militar - Foto Reprodução do Twitter

Nesta sexta-feira, dia 9 de dezembro, ainda vem repercutindo de maneiro muito forte a decisão do STM, Superior Tribunal Militar, que acatou uma representação contra Moraes. Vale lembrar, que na representação é pedido a prisão preventiva do magistrado que está “brincado de ser ditador” no Brasil. 

Logo após a notícia ganhar as mídias e redes sociais um alvoroço se deu na web com muitos comentários e especulações. Agora  os internautas estão indo nos perfis do STM para pressionar em relação a esta ação movida contra Alexandre de Moraes. Vale frisar, que apenas no Twitter o perfil do Tribunal Militar já aumentou seus seguidores em mais de 20%.

Você pode gostar: Paulo Figueiredo comenta sobre possibilidade de Moraes prender Bolsonaro

Internautas cobram o STM para uma posição firme contra Alexandre de Moraes 

Entre os milhares de comentários nas redes sociais, os internautas pedem posição firme do STM contra Alexandre de Moraes. Além disso, clama por justiça afirmando que os demais órgãos abandonaram virando as coisas para a população. Confira alguns comentários:

“Pensamento positivo, não podemos nos deixar levar.  O Xandao pode, mas tem sempre um louco pior. Nós não sabemos nada. Como o Flávio disse, nem ele. Mas o PR tá lá 30 anos. Ele sabe que não pode deixar o povo. É  a garantia dele.” Comentou um seguidor.

Confira: Marcel Van Hattem expõe “trapalhada” de Alexandre de Moraes “Será desespero?”

“Com todo respeito, que justiça, senhores? O povo está clamando por justiça, mas parece que além de cega, ficou surda, virou as costas para lei, para o povo. Nos socorram antes que não sobre nada de nosso Brasil. A justiça tem que ser para todos, independente de quem seja, ou não é justiça.” Lamentou outro internauta. 

“O Supremo tem se mostrado como mais poderoso que a Constituição. A Constituição parece condenada a emendas, revogações, inversões.  Se não se respeita a lei maior, como serão respeitadas as demais leis? Ou será que o Supremo é um órgão supraconstitucional?” Questionou mais um usuário. 

Confira também notícias no nosso canal no Telegram, clicando aqui.

Leia também: Flávio Bolsonaro manda mensagem para manifestantes e diz que seu pai não vai decepcionar  


Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.