Connect with us

Política

Vexame internacional: Marina Silva é desmentida pela ONU, confira 

Marina Silva ONU - Foto Reprodução do Twitter

A ministra do meio ambiente, Marina Silva, envergonhou o Brasil mundialmente em Davos. Vale lembrar, que a ministra fez a declaração bizarra de que existiam cerca de 120 milhões de pessoas passando fome no país. Agora a ONU desmentiu a ministra do Lula. Embora poucas pessoas tenham acreditado nos números apresentados por Marina.

Em resumo, um documento da ONU Organização das Nações Unidas relacionado a Alimentação e Agricultura (FAO) contradiz o discurso da esquerdista que tentou lacrar no Fórum Econômico Mundial, em Davos: “O mundo é desigual. No meu país, tem 120 milhões de pessoas que estão passando fome. Nós tínhamos saído do Mapa da Fome, mas, agora, temos 33 milhões de pessoas que estão vivendo com menos de US$ 1 por dia”.

Você pode gostar: Deputado Sanderson sobe o tom contra Fernando Haddad: “Piada e despreparado”

Entenda como a ONU desmente Marina Silva 

Importante ressaltar, que o Panorama da Segurança Alimentar e Nutricional 2022 informou que o Brasil possui 4,1% de sua população subalimentada. Ou seja, isso é equivalente a cerca de 9 milhões de pessoas. A saber, o relatório anual foi publicado na última quarta-feira, 18.

Além disso, os números apresentados pela FAO desmontam outra narrativa que foi muito explorada pela mídia brasileira no período eleitoral. Vale lembrar, que a Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar, divulgou pesquisa afirmando que no Brasil existem 33 milhões de brasileiros passando fome.

Confira: Marcos do Val explica passo a passo porque “a guerra está perdida”

Por fim, ficam as sugestões da ONU para o enfrentamento da fome no Brasil e em outros países. Em resumo, a ONU sugere aplicação de políticas de mercado que possam facilitar e reduzir os preços de produção e consequentemente as vendas de alimentos. Dessa forma, melhorando a segurança alimentar de mais pessoas. 

Confira também notícias no nosso canal no Telegram, clicando aqui.

Leia também: Marcos do Val ‘chuta o balde’ e cobra senadores ‘reféns’ do STF 


Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.