Connect with us

Política

Gayer afirma que “rachadinha” está liberada apenas para Janones: “Para ele poder comprar os vibradores dele”; assista ao vídeo

Avatar of Rizete Silva

Published

on

Gayer afirma que “rachadinha” está liberada apenas para Janones: “Para ele poder comprar os vibradores dele”; assista ao vídeo
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Deputado Gustavo Gayer Comenta Sobre “Rachadinha” de Janones

Na tarde de quarta-feira, 5 de junho de 2024, o deputado federal Gustavo Gayer (PL-GO) provocou controvérsias com declarações sobre o colega André Janones (Avante-MG), mencionando uma suposta “rachadinha” autorizada exclusivamente para ele. Durante uma gravação em seu gabinete, Gayer, de forma jocosa, comentou que metade dos salários de sua equipe seria enviada a Janones para a compra de itens pessoais, especificamente vibradores.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O contexto dessas declarações se liga ao arquivamento do processo de cassação contra Janones pela Comissão de Ética da Câmara dos Deputados. A decisão ocorreu no mesmo dia, culminando em uma sessão marcada por tumulto. Janones foi investigado por alegações de que ele exigia parte dos salários de seus funcionários como “rachadinha”, prática pela qual o Partido Liberal havia pedido sua cassação em novembro de 2023.

A rejeição do pedido foi liderada pelo relator, Guilherme Boulos (Psol-SP), com uma votação final de 12 votos contrários e cinco a favor. Posteriormente, Janones e o deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG) protagonizaram uma troca de empurrões e insultos.

Em suas redes sociais, Gayer criticou a decisão e a ação dos partidos de esquerda na Câmara, incluindo alegações de que, por intervenções de figuras como Boulos e apoio do PT, a “rachadinha” deixou de ser considerada um crime. Essa declaração aumenta as críticas ao atual governo e às instituições governamentais, questionando a integridade e a transparência das operações dentro da Câmara dos Deputados.

Essas revelações de Gayer podem intensificar o debate sobre a ética na política brasileira, destacando a necessidade de maior fiscalização e reformas nas práticas administrativas e financeiras dos representantes eleitos.

Veja vídeo:

Leia Também:

📲 Participe Gratuitamente do Nosso Canal Exclusivo no WhatsApp. 🔔 Clique e Siga para Notícias em Tempo Real! 🌟

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.