Connect with us

Política

Manifestantes dão prazo para Bolsonaro ou Forças Armadas agirem e dividem os conservadores

Manifestantes Conservadores - Foto Reprodução do Twitter

Nesta quarta-feira, dia 7 de dezembro, durante um evento no auditório da Câmara dos Deputados, um grupo de manifestantes bolsonaristas  deixaram recado para Bolsonaro e as Forças Armadas. Dessa forma, o grupo convocou um grande protesto contra a diplomação de Lula (PT) para o próximo dia 10 de dezembro. 

Em resumo, os manifestantes também cobraram um pronunciamento das Forças Armadas e do atual Presidente Jair Bolsonaro (PL) pela anulação das eleições e o andamento, no Senado, dos processos de impeachment contra os magistrados do Supremo Tribunal Federal.

Você pode gostar: Bolsonaro vai tirar alguma carta da manga? Advogada revela opções 

Leitura da carta dos manifestantes foi lida por um cacique 

Vale frisar, que a leitura da carta aberta foi realizada pelo cacique Rony Pareci, do povo Pareci, da região centro oeste. Ademais, em um dos trechos, o grupo reforça que: “estabelece o dia 8 como prazo máximo para que o presidente da República e/ou Forças Armadas se manifestem no sentido restabelecer harmonia entre os poderes e anular o pleito.”

Confira:  STF: Como diminuir o poder da Corte? Senador Lasier responde

A carta dos manifestantes está dividindo opiniões entre muitos conservadores nas redes sociais. “Se fizerem a cagada de sair da frente dos quartéis para bagunçar não frente da esplanada, vão jogar no lixo tudo o que já está sendo feito.  Estão querendo que façam como no Capitólio! Não saiam da frente dos quartéis onde estão protegidos! Somente nós QGs. Quartéis.” Escreveu uma seguidora, discordando do movimento planejado para a Esplanada.

“Pelo que o Olavo de Carvalho explicou em um vídeo, as forças armadas só vão interferir, e tomar o poder, se houver desobediência civil. Eles não podem simplesmente assumir o poder. O povo teria que “tomar” o senado e não deixar ninguém entrar mais.

E não só o senado.” Disparou outro usuário no Twitter, dando apoio ao plano dos manifestantes. 

Confira também notícias no nosso canal no Telegram, clicando aqui.

Leia também: Itamaraty: Velha imprensa revela como diplomatas boicotaram governo Bolsonaro


Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.