Connect with us

Política

Advogados pedem destituição de Comissão de Direitos Humanos da OAB, saiba o motivo 

Advogados pedem destituição de Comissão de Direitos Humanos - Foto Reprodução do Twitter

O advogado Dr. Pierre Lourenço, Diretor Jurídico do Instituto Nacional de Advocacia (INAD), disse que o Instituto pedirá a destituição dos membros da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil. Em resumo, o motivo tem a ver com os atos do dia 8 de janeiro.

A saber, os advogados decidiram agir logo após o recebimento de um ofício da Comissão. Ademais, eles afirmaram que não constataram nenhuma irregularidade ou violação de direitos humanos nas prisões em massa realizadas em Brasília a mando do ministro Alexandre de Moraes. 

Você pode gostar: Lula demite comandante do Exército e gera alvoroço na web, saiba mais

Confira a declaração completa de um dos advogados

“Acabamos de receber ofício do Conselho Federal da OAB, onde o presidente, Dr. José Alberto Simonetti, lamentavelmente afirmou que a Comissão de Direitos Humanos NÃO CONSTATOU IRREGULARIDADES OU VIOLAÇÕES DE DIREITOS HUMANOS DAS PESSOAS DETIDAS, ignorando eles a prisão de crianças e idosos septuagenários.

Por covardia ou conivência com as arbitrariedades, fingiram não ter visto a prisão de crianças que são inimputáveis; fingiram que não viram a prisão de pessoas em situação de rua e turistas que apenas estavam no QG do Exército, ou seja, não participaram da depredação.” Disse Lourenço e continuou.

Confira:  Site do governo chama impeachment de ‘golpe’, gerando revolta entre parlamentares e cidadãos

“Fingiram que existia flagrante delito para a prisão coletiva de mais de 1.200 manifestantes, embora a prisão tenha sido realizada no dia seguinte e em outro local, inexistindo o flagrante; fingiram que inexistem manifestantes incomunicáveis até hoje.

Fingiram não haver irregularidades na audiência de custódia com juízes que não tem poder de decisão para conceder a substituição da prisão. Porém, não posso fingir que nada aconteceu e por isso vou requerer a destituição dos membros da Comissão de DH”. Concluiu os advogados. 

Confira também notícias no nosso canal no Telegram, clicando aqui.

Leia também:  Bolsonaro responde à matéria da velha imprensa, saiba mais 


Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.