Connect with us

Política

Bolsonaro: Após declaração de desembargador, web reage pedindo o Capitão que dizia: “Dá, que eu te dou outra”

Bolsonaro - Foto Reprodução do Twitter

Nesta sexta-feira, dia 25 de novembro, a web voltou a viralizar menções em relação ao presidente Jair Bolsonaro (PL). Em resumo, tudo começou após uma entrevista do desembargador aposentado Sebastião Coelho, que esclareceu toda a situação envolvendo as arbitrariedades do STF e o que o Chefe do Executivo e outros poderes poderiam fazer. 

O servidor público afirmou que qualquer um dos poderes poderia solicitar às Forças Armadas para garantir a Lei e a Ordem. “O Supremo não vai convocar, porque ele é o autor da ilegalidade, o Senado por seu presidente no Congresso, que é o senador Rodrigo Pacheco, não vai convocar, porque ele também está em curso com o crime de prevaricação e está no código penal, por não agir no seu dever de ofício. Mas pode ser convocado também pelo Presidente da República para Garantia da Lei e da Ordem.” Explicou Sebastião Coelho.

Você pode gostar: Ana Paula Henkel revela o exato momento em que Bolsonaro supostamente tenha errado

Internautas se dividem sobre o que Bolsonaro pode ou não fazer

No programa Oeste sem Filtro, o desembargador Sebastião Coelho afirmou que o país vive desordem e precisa das Forças Armadas para recuperar a ordem e fazer cumprir a Constituição. Mas só quem poderia fazer isso seria Jair Bolsonaro. 

“Qual é a desordem que nós precisamos mais para que o senhor Alexandre de Moraes seja parado? Qual é a desordem? Qual é a lei mais, ele precisa violar? Qual ato mais ele precisa praticar contra as liberdades? Então, por que eu digo que tem que ser as Forças Armadas? Não é golpe, é para fazer cumprir a Constituição. É para fazer a ordem retornar, ou alguém nesse país acredita que o país está em ordem?” Questionou o servidor aposentado. 

Confira: Lula: Nem no Catar o petista é esquecido e torcida canta: “Ladrão, seu lugar é na prisão”

Por fim, internautas se dividiram entre os que acreditam que Bolsonaro não pode fazer mais nada e aqueles que esperam que o Presidente aja como nos velhos tempos. “Não julgue o capitão, seu sentimento de justiça,  de agir nas 4 linhas o limita. Gostaríamos do Bolso,  dá  que te dou outra, mas o sistema é mais organizado do que possamos imaginar.” Lamentou um seguidor. 

Confira também notícias no nosso canal no Telegram, clicando aqui.

Leia também: Oeste Sem Filtro: jornalistas demitidos da Jovem Pan estreiam em novo canal com sucesso absoluto


Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.