Connect with us

Política

Ministro Barroso defende STF e contesta ideia de ativismo exagerado

Avatar of Alteni

Published

on

Ministro Barroso defende STF e contesta ideia de ativismo exagerado
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Barroso defende a atuação do STF e contesta críticas

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, defendeu recentemente a Corte das acusações de ativismo judicial exagerado e afirmou que essa percepção é equivocada. Em suas declarações, Barroso ressaltou a importância do papel do STF no cenário político e jurídico brasileiro e esclareceu os motivos pelos quais a Corte é frequentemente alvo de críticas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo o ministro, o STF possui um papel protagonista no sistema judiciário brasileiro, especialmente porque é a instância máxima de decisão em diversas questões de grande relevância para a sociedade. Ele explicou que, como todas as demandas podem chegar ao STF, a Corte acaba adquirindo uma visibilidade incomum, o que pode levar a uma interpretação equivocada de seu papel.

Você também pode Gostar: Ex-diretor revela: Globo se prepara para a maior demissão em massa de sua história

Barroso destaca a base constitucional das decisões polêmicas

Barroso mencionou que o STF já tomou decisões importantes em temas polêmicos, como aborto, casamento homoafetivo e prisão após condenação em segunda instância, e que essas decisões, embora possam gerar debates e discordâncias, estão fundamentadas na interpretação da Constituição Federal e nos princípios do Estado Democrático de Direito.

O ministro também destacou que, ao longo dos anos, o STF atua com independência e coragem moral, mesmo que isso possa desagradar a diferentes setores da sociedade. Barroso afirmou que “cumprir a Constituição não é participar de um torneio de simpatia” e que é natural que as decisões do STF desagradem alguns enquanto agradam outros.

Diante das críticas e acusações de ativismo judicial, Barroso ressaltou ser importante compreender o papel do STF no contexto brasileiro e a Corte, em suas decisões, busca sempre promover a justiça e garantir os direitos fundamentais dos cidadãos.

Confira também notícias no nosso canal no Telegram, clicando aqui.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.