Connect with us

Política

Senador Marcos do Val expõe Randolfe Rodrigues, entenda:

Avatar of Alteni

Published

on

Senador Marcos do Val e Randolfe Rodrigues - Foto Reprodução do Twitter
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em mais um pronunciamento ao vivo, o senador Marcos do Val desmoralizou o presidente Lula, além de criticar Randolfe Rodrigues. Em resumo, segundo Do Val, Randolfe vem tentando impedir a instalação de uma CPI que investigará o governo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O argumento de Randolfe Rodrigues é de que o governo Lula já estaria investigando os atos do dia 8 de janeiro. Por outro lado, o senador Marcos do Val explicou suas visões em relação ao STF, no que se refere ao impeachment de Lula e a respeito da presidência do Senado e do impeachment de ministros do STF. Além disso, desmontou a narrativa de Randolfe. 

Você pode gostar: Senador Heinze confirma cirurgia do ex-presidente Jair Bolsonaro

Confira os destaques do discurso do senador Marcos do Val 

O senador Marcos do Val começou abordando o caráter político da “descondenação” de Lula: “Quanto ao Governo Lula, não tenham dúvida nenhuma de que sou oposição. Como vou defender quem responde processo criminal? Que ainda está respondendo. Ontem, estive em um debate com um representante do PT e ele ficou bem nervoso quando falei que o Lula ainda responde a processo criminal.” Disparou o senador. 

E continuou: “Ele disse que o Lula foi inocentado e eu falei que não. Entra no site da Justiça de São Paulo e estão os processos a que ele responde, mesmo com essa manobra de que era da região A e tinha que ser julgado na região B. Isso é óbvio para todo mundo que foi uma jogada política. Como eu falo: “O Brasil não é para amadores”.

Por fim, o senador Marcos do Val também explicou a dificuldade de promover o impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal. Afinal, é um senado tomado por senadores que têm problemas com a justiça e cujos casos serão julgados pela própria corte. 

“Dos 27 senadores que estão chegando, 90% respondem a processos. Alguns por realmente terem cometido algo, alguns por ações da oposição, por questões políticas, embates políticos. Hoje, precisamos de 41 senadores para o impeachment de ministros do STF ter andamento. Não podemos generalizar e dizer que, no STF, ninguém presta. Tem o André, o Kássio, tem ministros que acreditam que estão fazendo o correto”.

Confira também notícias no nosso canal no Telegram, clicando aqui.

Leia também: Danilo Gentili: Saiba qual foi a último do humorista aprontou que levou esquerdistas a loucura na web 

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.