Connect with us

Política

Lula reconhece que seus ministros são indicados por meio de acordo político

Lula - Foto Reprodução do Twitter

Neste domingo, dia 8 de janeiro, o atual Presidente Luiz Inácio Lula da Silva vem sendo achincalhado nas redes sociais após mais uma declaração do petista viralizar na web. Dessa vez, o esquerdista reconheceu que muitos de seus ministros são fruto de acordos políticos. 

Em uma clara indireta às escolhas técnicas feitas por Jair Bolsonaro em seu governo, Lula disse: “Muitos de vocês são resultado de acordos políticos, porque não adianta a gente ter um governo tecnicamente formado em Harvard e não ter um voto na Câmara dos deputados e não ter um voto no Senado.” Disse Lula e ainda ordenou que seus ministros precisam atender bem cada parlamentar. “E atender bem cada deputado, cada senador..” Afirmou o petista. 

Você pode gostar: Rosa Weber fechada com Flávio Dino e comentarista ironiza: “Tamo junto”

Deputado Bruno Engler diz que Lula normalizou o crime

Embora todo mundo já sabia que suas escolhas de Lula para os seus ministérios seriam por conta de troca de favores, ele reconheceu isso publicamente foi chocante. Ademais, políticos e personalidades comentaram as declarações do petista, como por exemplo o deputado estadual Bruno Engler.

“O LADRÃO está criticando a montagem dos ministérios técnicos pelo Bolsonaro e confessando que montou os ministérios por acordos políticos em troca de votos no congresso. O CARA NORMALIZOU O CRIME!” Escreveu em seu Twitter, o parlamentar aliado de Bolsonaro.

Confira: Eduardo Bolsonaro manda recado para Monark: “Espero ao menos que esteja enxergando agora” 

Internautas também repercutiram a declaração: “E antes, Bolsonaro era fortemente criticado por SUPOSTAMENTE fazer aquilo que o ‘coiso’ está fazendo agora de forma escancarada. Mas, como os repasses para a publicidade estão gordos, o silêncio é conveniente.” Escreveu um seguidor. 

Confira também notícias no nosso canal no Telegram, clicando aqui.

Leia também: Alexandre de Moraes manda prender ele mesmo? Confira a confusão no STF


Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.