Connect with us

Política

Governo Lula: jornalista desmonta narrativa: “Não é função do governo dar picanha e cerveja para as pessoas”

Governo Lula - Foto Reprodução do Twitter

A primeira semana completa de transição entre o governo Bolsonaro e o governo Lula não foi nada animadora. Primeiramente para o mercado, pois o Ibovespa acumulou queda de 5% enquanto o dólar fechou em alta de 5,45%, resultados opostos ao que foi observado nos primeiros cinco dias após a eleição. 

O tema que dominou as discussões da última semana foi a busca do futuro governo Lula para abrir espaço no orçamento e incluir promessas de campanha. Como por exemplo o novo Bolsa Família de R $600, o aumento real do salário mínimo e a continuidade da Farmácia Popular.

Você pode gostar: PL de Bolsonaro joga “bomba” no colo do TSE: “por essa eles não esperavam”, confira

Roberto Motta escancara a verdade sobre o governo Lula 

A PEC da transição seria apresentada pelo futuro governo Lula até a última sexta-feira, mas ficou decidido que será apresentada logo após o feriado da Proclamação da República. Por outro lado, especialistas afirmam ser preciso analisar a licença para gastar além do teto, o mecanismo que será usado e os nomes que estarão no ministério da fazenda. 

O comentarista Roberto Motta comentou sobre a transição para o governo Lula. “Essa é uma discussão que domina o Ocidente, e já existe um consenso de que o único caminho para os governos é gastar menos e cobrar menos impostos. Essa é a receita do progresso, não existe outra, não é função do governo dar picanha e cerveja para as pessoas.” disse e continuou.

Confira: Luiz Fux arquiva inquerito contra Gleisi Hoffmann por “indícios Mínimos” para investigação

“As funções do governo são combater o crime, cuidar da saúde básica, da educação básica e da segurança jurídica. Tudo isso é falho no Brasil hoje, na semana passada derrubaram a Bolsa com declarações completamente estapafúrdias, vários apoiadores já se desvincularam, Henriques Meirelles, Armínio Fraga e outros. Estou curioso para saber se o FHC fez alguma declaração se desvinculando também ou se continua dando o apoio.” Concluiu Motta. 

Conheça nosso canal no Youtube:

Leia também: Paulo Figueiredo: “O deboche do Xandão em NY servirão como combustível para inflamar as manifestações”

SEGUE A GENTE TAMBÉM NO TWITTER:

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.