Connect with us

sem categoria

Rachadinha de Janones: Polícia Federal, PGR e Abin em Ação

Avatar of Alteni

Published

on

Janones
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Tríplice Investigação: Rachadinha de Janones Atrai Polícia Federal, PGR e Abin

A investigação da suposta prática de rachadinha no gabinete do deputado federal André Janones ganha novos contornos com a entrada em cena da Polícia Federal (PF), da Procuradoria-Geral da República (PGR) e da Agência Brasileira de Inteligência (Abin). Estas instituições, reconhecidas por sua rigorosidade e expertise, unem esforços para desvendar as camadas deste caso que tem despertado amplo interesse público.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Seguindo diretrizes do Supremo Tribunal Federal (STF), sob a orientação do ministro Luiz Fux, a Polícia Federal está analisando as evidências apresentadas pelo Ministério Público. O cerne da questão reside na verificação da consistência das provas trazidas por um ex-assessor de Janones, que denuncia práticas ilícitas.

Conforme apurado pela coluna de Paulo Cappelli do Metrópoles, membros da Abin realizaram uma reunião em Brasília, em setembro do ano passado, com o denunciante. Neste encontro, foram registradas declarações sobre diversas irregularidades alegadamente ocorridas no gabinete do deputado. Janones, conhecido também por sua ativa presença nas redes sociais, foi acusado de utilizar fake news durante as eleições de 2022.

A acusação se baseia em um áudio, no qual um aliado de Janones, sem conhecimento de estar sendo gravado, admite ter repassado R$ 60 mil ao deputado e à atual prefeita de Ituiutaba, Leandra Guedes, como parte do esquema de rachadinha. Este áudio é um elemento crucial na investigação, evidenciando práticas questionáveis.

Detalhes do relato sugerem que os servidores do gabinete eram coagidos a realizar saques em espécie, frequentemente até duas vezes ao dia, após receberem seus salários. O dinheiro, em espécie, seria entregue a Leandra, na época assessora de Janones. Ela, por sua vez, nega qualquer participação em atividades ilícitas.

Além disso, o ex-assessor aponta que a análise do sigilo bancário dos servidores do gabinete poderia revelar um padrão nos saques realizados, reforçando as acusações. O ex-assessor também acusou Janones de receber propina relacionada a obras em Ituiutaba e de práticas de superfaturamento na contratação de artistas pela prefeitura.

Recentemente, veio à tona que o deputado teria exigido parte do salário de seus assessores para custear despesas pessoais, além de solicitar R$ 200 mil para fundos de campanhas eleitorais. Estas revelações adicionam camadas de complexidade à investigação, indicando uma possível rede de corrupção e abuso de poder.

A mobilização da PF, PGR e Abin neste caso é um sinal claro de que as alegações são levadas com extrema seriedade. À medida que a investigação avança, espera-se que mais detalhes sejam revelados, esclarecendo o papel de cada indivíduo envolvido e as reais dimensões deste caso.

Você também pode gostar: Lula Veta Prorrogação da Desoneração da Folha e Risco a 1 Milhão de Empregos Surge

📢 RECEBA NOTÍCIAS EM PRIMEIRA MÃO DIRETAMENTE NO SEU WHATSAPP. 🚀 SEJA PARTE DO NOSSO CANAL EXCLUSIVO HOJE MESMO, E ADIVINHE, É 100% GRÁTIS! CLIQUE AQUI E NOS SIGA

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao usar nossos serviços você concorda com as nossas políticas de privacidade.